Dinâmica espacial da renda per capita e crescimento entre os municípios da região Nordeste do Brasil - uma análise Markoviana

Sabino da Silva Porto Junior, Eduardo Pontual Ribeiro

Resumo


Este artigo atualiza o debate sobre convergência de renda entre os municípios do Nordeste brasileiro e introduz resultados sobre esta região. Comenta primeiro novos resultados de crescimento econômico como polarização e armadilha de pobreza em modelos que se apóiam nas hipóteses neoclássicas e chegam a equilíbrios múltiplos, refutando a hipótese de convergência absoluta. Ao contrário da literatura tradicional, que se baseia em análise cross-section, que tem sido criticada como um exemplo de Falácia de Galton da regressão, novos testes, aqui empregados, estudam o comportamento dinâmico da renda per capita e da distribuição
de renda como um todo. Aplica o método de Quah (1993) para os dados de renda per capita dos
municípios do Nordeste do Brasil. Sua conclusão, ao contrário de trabalhos anteriores, indica a formação de clubes de convergência entre as regiões nordestinas.


Palavras-chave


Crescimento Endógeno, Convergência, Falácia de Galton, Cadeias de Markov.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia