Avaliação da eficácia do Programa Estadual de Qualificação do estado da Paraíba no ano de 2000

Adriano Firmino Valdevino de Araújo, Adriano Nascimento da Paixão, José Luis da Silva Netto Junior, Urbano Cabral da Nóbrega Neto

Resumo


As mudanças ocorridas no plano tecnológico e gerencial vêm exigindo um novo posicionamento por parte dos trabalhadores. A qualificação e capacitação, dentro deste prisma, tornam-se fundamentais na procura e obtenção de um posto de trabalho. As altas taxas de desemprego podem estar refletindo, em menor grau, uma defasagem entre os avanços tecnológicos e a efetiva qualificação do trabalhador. Dentro desta perspectiva, este trabalho tem como objetivo primordial verificar se o Plano Estadual de Qualificação (PEQ) implementado na Paraíba
no ano 2000 interferiu no grau de empregabilidade dos trabalhadores. O estudo tem como hipótese básica a probabilidade de o indivíduo estar ou não empregado depois do programa de capacitação PEQ. A partir de um modelo econométrico probabilístico, os resultados são conclusivos no sentido de que o PEQ aumentou as chances de os indivíduos estarem empregados, o que implica na existência de evidências de que uma maior qualificação profissional resulta necessariamente em maiores chances de se estar empregado.


Palavras-chave


Tecnologia; Reestruturação; Emprego; Qualificação Profissional.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia