Crescimento econômico das cidades nordestinas: um enfoque da nova geografia econômica

Cristiano Aguiar de Oliveira

Resumo


Este artigo é um estudo empírico sobre os determinantes do crescimento econômico e populacional das cidades nordestinas na década de 1990. Para este fim, são utilizadas variáveis que representam as características iniciais destas cidades. As variáveis escolhidas seguem as contribuições teóricas das novas teorias do crescimento econômico e da nova geografia econômica. O artigo mostra a existência de convergência de rendas per capita nas cidades nordestinas no período. Além disso, os resultados obtidos reforçam o papel do capital humano
e da urbanização na promoção de externalidades positivas, knowledge spillovers, que geram
crescimento econômico. O artigo destaca também o papel de externalidades negativas, tais como congestionamento e pobreza, como redutores do crescimento econômico. Os resultados mostram que o crescimento populacional das cidades nordestinas é afetado positivamente por medidas de renda e qualidade de vida. O artigo conclui que houve um pequeno movimento de dispersão e interiorização da população nas cidades nordestinas.


Palavras-chave


Cidades; Crescimento Econômico; Nova Geografia Econômica; Capital Humano; Externalidades.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia