Cachaça artesanal e vinhos finos no Nordeste: desafios, potencialidades e indicações de políticas

João Policarpo Rodrigues Lima

Resumo


Este trabalho, desenvolvido com base em dados secundários, consulta à literatura pertinente e em entrevistas estruturadas, enfoca duas atividades de produção de bebidas no Nordeste (cachaça e vinho). Procura identificar e avaliar suas características e potencialidades em termos de formação de APLs e indicar-lhes ações prioritárias, que possam levar a um melhor aproveitamento das possibilidades de expansão. Nos dois casos examinados, identifica estrangulamentos comuns como a necessidade de maior esforço de pesquisas e de ampliação das estruturas e instituições que as desenvolvam; de difusão do conhecimento já existente; de facilitação do crédito e da comercialização; do melhor treinamento de mão-de-obra; da maior divulgação, incluindo a realização de feiras e campanhas de marketing; a criação de condições para a certificação das respectivas atividades, entre outras. Apresenta, também, as potencialidades dos dois segmentos de produção e sugestões de políticas para cujo êxito também contribuíram as agências de desenvolvimento.

Palavras-chave


Agronegócios e desenvolvimento local; Cachaça artesanal no Nordeste; Vinhos finos no Nordeste.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia