Capacidade de recuperação da agricultura familiar do Nordeste brasileiro: uma análise para o período 1990 - 2012

Jaqueline Saraiva de Lira, José de Jesus Sousa Lemos, Patrícia Verônica Pinheiro Sales Lima

Resumo


A pesquisa teve como objetivo avaliar a capacidade de recuperação da produção de arroz, feijão, mandioca e milho por agricultores familiares dos nove estados do Nordeste do Brasil (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe) no período sob investigação de 1990 e 2012. Para atingir esses objetivos utilizaram-se dados secundários retirados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para aferir a capacidade de recuperação das lavouras foi construído o Índice de Resiliência (IRES) da produção da agricultura familiar com base na produção per capita das culturas em análise, na relação do valor bruto da produção dos alimentos pelo PIB agrícola dos estados, nas áreas colhidas e nos rendimentos agregados das lavouras estudadas na pesquisa. Para estimar os pesos associados ao IRES, utilizou-se o método de análise fatorial com decomposição em um fator principal. Os resultados mostram que os IRES de todos os estados apresentaram tendência negativa de crescimento ao longo do período estimado. Observou-se também que o IRES conseguiu capturar, em magnitudes relativas menores, os anos de estresses hídricos observados no período analisado.

Palavras-chave


Estresse hídrico; resiliência; produção agrícola.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia