Dinâmica espacial da canavicultura e análise dos efeitos sobre o valor bruto da produção, na região dos tabuleiros costeiros da Paraíba, Pernambuco e Alagoas

Manuel Alberto Gutierrez Cuenca, Marcia Helena Galina Dompieri

Resumo


O escopo do trabalho compreendeu a análise do desempenho da produção de cana-de-açúcar e seus reflexos no Valor Bruto da Produção (VBP), para o período de 1990 a 2014, nos principais municípios produtores, localizados na área de atuação da Embrapa Tabuleiros Costeiros, no Nordeste do Brasil, estados de Alagoas, Paraíba e Pernambuco. Os dados utilizados compreenderam bases cartográficas e séries temporais das variáveis: produção, área colhida, produtividade e valor nominal da produção de cana, obtidas pelo IBGE; os preços foram calculados e deflacionados pelo IGP-DI da Fundação Getúlio Vargas, para dez/2014. Empregou-se o método econométrico shift-share ou diferencial-estrutural para a análise dos efeitos sobre o VBP, houve o cálculo da Taxa Geométrica de Crescimento (TGC) e a análise espacial dos dados de produção por meio de Sistema de Informação Geográfica. Os resultados indicaram modificações na dinâmica espacial, sobretudo quanto à liderança nas produções municipais. Verificou-se também notável influência da política econômica interna e externa, além de adversidades climáticas na decisão dos produtores, cujos reflexos foram expressivos, sobretudo no biênio 1992/1993. Observou-se uma retração da atividade nos estados da Paraíba e Pernambuco, e uma expansão em Alagoas, estado em que o efeito preço contribuiu para uma alta de 2,57% no VBP.

Palavras-chave


Cana-de-açúcar, shift-share, análise espacial.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia