Determinantes da evasão e repetência escolar no ensino médio do Ceará

Maitê Rimekká Shirasu, Ronaldo de Albuquerque e Arraes

Resumo


Tendo em vista os benefícios sociais e econômicos decorrentes de melhorias educacionais, identificar as causas dos problemas de evasão e repetência escolar tem persistido na agenda de pesquisadores e formuladores de políticas sociais. Nesse sentido, este estudo objetivou identificar os determinantes da evasão e da repetência escolar no ensino médio, a partir de uma base de raros dados em nível longitudinal no Brasil, contemplando escolas públicas do Ceará no período 2009-2011. Por meio de um modelo logístico multinível, constatou-se que o desinteresse pelos estudos e a persistência da repetência são os principais fatores que aumentam as chances de o aluno abandonar a escola. Além disso, o atraso escolar pela idade-série dita a retenção dos alunos por um período mais longo. Já o Programa Bolsa Família, dada as suas condicionalidades, tem contribuído para reduzir as chances de evasão e repetência escolar. Em vista desse diagnóstico e da infraestrutura semelhante dessas escolas, a intervenção dos educadores deveria ser direcionada a motivar os alunos aos estudos, através de medidas pedagógicas que os envolvam e os alertem efetivamente sobre os benefícios sociais e econômicos advindos da acumulação de educação a médio e longo prazos, tal como ocorre nos países desenvolvidos.

Palavras-chave


Educação; Escolas; Públicas; Multinível; Longitudinal.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia