Convergência de rendimento dos estados nordestinos à la nova geografia econômica

Tulio Chiarini

Resumo


O presente artigo mostra que, mesmo havendo convergência das rendas do trabalho principal dos Estados do Nordeste, há um lag entre aqueles e os Estados do Centro-Sul, mostrando que os Estados nordestinos estão convergindo para miséria. Utiliza como base de microdados a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD/IBGE) para os anos de 1981-1989; 1991-1993; 1995-1999; 2001-2003, a partir de uma análise empírica do modelo proposto por Krugman em sua Nova Geografia Econômica. Apresenta breve análise desse modelo, seus fundamentos e limitações, mas parte da premissa de que ele apresenta insights interessantes. Admite que o modelo apresentado é simplista e que há necessidade de mais pesquisas regionais sobre outras dimensões da desigualdade.

Palavras-chave


Convergência de renda; Nova geografia econômica; Desigualdade de renda.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia