A co-evolução de empresas e instituições em arranjos produtivos locais: políticas públicas e sustentabilidade

Lúcia Maria Góes Moutinho, Renato Campos

Resumo


O artigo trata da relação instituições-empresas em Campina Grande(PB), tomando como referências de análise os sistemas locais de produção, o capital social e o papel das várias esferas de governo, organizações de coordenação, associação e conhecimento.Tem como finalidade subsidiar políticas para Arranjos Produtivos e Inovativos Locais (APLs), examinando as possibilidades de sustentabilidade do desenvolvimento do arranjo têxtil e de confecções do algodão colorido da Paraíba.

Palavras-chave


Empresas e Instituições; Arranjos Produtivos Locais; Políticas Públicas e Sustentabilidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia