CONVERGÊNCIA DOS PREÇOS: UMA ANÁLISE PARA AS CESTAS BÁSICAS NAS CAPITAIS DO BRASIL

Elizama Cavalcante de Paiva, Jair Andrade Araujo, Gerrio dos Santos Barbosa, Edward Martins Costa Costa

Resumo


Este estudo verifica o cumprimento da Lei do Preço Único em 16 principais cidades e regiões do Brasil, quanto aos valores da cesta básica no período compreendido entre setembro de 2006 e setembro de 2016. O teste de raiz unitária mostrou que há um processo de estacionaridade nos painéis indicando, assim, convergência nos preços das cestas básicas. As estimativas dos modelos β-convergência absoluta revelaram que o sinal do coeficiente β se mostrou, a priori, conforme previsto na literatura. A região 01 apresentou a maior velocidade de convergência, de 7,03% ao mês e, consequentemente, o menor meia-vida1, de 9,9 meses. A Região 2 obteve o menor β-convergência, de -5,00%. Assim, o preço converge para o equilíbrio em média mensal de 5,13%, que implica em um maior meia-vida.  Quanto às dezesseis cidades pesquisadas, três apresentaram coeficientes positivos: São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro, o que indica que essas cidades contribuem para o crescimento dos preços dos produtos das cestas básicas. As demais cidades apresentaram coeficiente negativo, o que possibilitou o cálculo de sua velocidade e meia vida.

Palavras-chave


Cesta Básica, Lei do Preço Único, β-convergência.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia