Diferenças de rendimento entre as regiões metropolitanas de Belo Horizonte e Salvador: uma discussão a partir da decomposição de Oaxaca-Blinder

Jader Fernandes Cirino, João Eustáquio de Lima

Resumo


O presente trabalho quantifica e explica a diferença do rendimento/hora do trabalho entre as Regiões Metropolitanas de Belo Horizonte e Salvador. A escolha dessas últimas deve-se ao interesse em verificar de que forma a diferença do dinamismo econômico entre as duas regiões estaria impactando o retorno auferido no mercado de trabalho. Nesse sentido, utiliza o procedimento de Oaxaca (1973) e Blinder (1973) para decompor os diferenciais de rendimento entre as regiões de interesse. Os resultados encontrados mostram que, conforme o esperado, os rendimentos/hora na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) são, em média, superiores aos encontrados na Região Metropolitana de Salvador (RMS), resultado da maior concentração e aglomeração econômica da primeira região, quando comparada à segunda.


Palavras-chave


Diferencial de Rendimento. Região Metropolitana de Belo Horizonte. Região Metropolitana de Salvador. Decomposição de Oaxaca-Blinder.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia