A colonização e os modos de produção na Mata Atlântica Nordestina sob a ótica do materialismo histórico

Cristiane Gomes Barreto, Kilma Gonçalves Cezar

Resumo


O processo de colonização na Mata Atlântica Nordestina (MAN) gerou as consequências mais graves para a conservação do seu patrimônio natural. A fim de gerar subsídios para a definição de políticas e diretrizes de manejo e conservação dos remanescentes florestais na MAN. O artigo busca elucidar os efeitos dos modos de produção e do processo de colonização sobre a relação homem-natureza. Sendo assim, procura explicar as relações e motivações da estrutura social e comercial da colônia na Zona da Mata nordestina baseando-se numa combinação de elementos do capitalismo, feudalismo e escravismo, sob a ótica do materialismo histórico.


Palavras-chave


Colonização. Materialismo Histórico. Mata Atlântica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia