Centralidade e Emprego no Estado de Minas Gerais no Período 1995/2008

Ana Carolina da Cruz Lima, Rodrigo Ferreira Simões

Resumo


Constata que a estrutura produtiva do Estado de Minas Gerais passou por uma série de transformações entre as décadas de 1950 e 1990, cujo resultado foi um território marcado por fortes heterogeneidades (áreas de extremo dinamismo convivem com áreas estagnadas). Identifica as microrregiões que, atualmente, desempenham papel central para o desenvolvimento do estado e a dinâmica do emprego local. Para sua consecução, utiliza métodos descritivos e multivariados (Análise de Componentes Principais e clusters) na análise dos dados sobre o emprego e a diversidade local no período 1995/2008. Os resultados demonstram que as microrregiões mais dinâmicas em termos de emprego também são aquelas que possuem os mais elevados índices de centralidade no estado, que continua a apresentar heterogeneidades intraestaduais, apesar das melhorias nos últimos anos.


Palavras-chave


Economia Mineira. Emprego. Centralidade. Desenvolvimento.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia