DETERMINANTES DA CONCENTRAÇÃO GEOGRÁFICA INDUSTRIAL NO BRASIL

André Luiz Ferreira e Silva, Marcelo Bentes Diniz

Resumo


Com base no índice Ellison-Glaeser, calculado para 30 atividades da indústria de transformação brasileira, o artigo analisa fatores determinantes da concentração geográfica industrial no Brasil (2010-2015). Os testes econométricos mostraram que: (1) as importações bens intermediários, quando combinadas às tecnologias insumo-produto, além de complementar a produção industrial, atuam reforçando a concentração geográfica das 30 atividades pesquisadas; (2) a localização industrial é fortemente dependente de um mercado de trabalho amplo e especializado, corroborando com a teoria labor pooling; (3) não há evidência suficiente capaz de rastrear o poder de localização dos spillovers tecnológicos; (4) economias de escala configuram importantes fontes de retornos crescentes e contribuem com a expansão das aglomerações industriais.


Palavras-chave


Concentração geográfica industrial, Externalidades Marshallianas, Aglomerações.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia