Os incentivos fiscais do Governo do Estado de Pernambuco para atração de empresas: um caso de sucesso?

Isabella Leitão Neves Frota, João Policarpo Rodrigues Lima, Andrea Sales Soares de Azevedo Melo

Resumo


Cresce o interesse da academia e do público em geral em saber o que está ocorrendo em Pernambuco, especialmente na última década, haja vista o avanço dos números da economia pernambucana, notadamente no seu crescimento. Para isso, este trabalho observou a interferência do governo estadual nos últimos acontecimentos, ou seja, como o estado intervém para modificar o cenário econômico pernambucano, no que tange o uso de incentivos fiscais. Embora a intenção dos incentivos fiscais oferecidos pelo estado de Pernambuco fosse o de atrair mais empresas distribuindo-as de forma mais equitativa pelo estado, esse mecanismo não surtiu o efeito desejado até o momento. Os programas de incentivos utilizados pelo estado contribuem para atrair novos empreendimentos, mas não foram capazes de modificar de forma mais expressiva a distribuição geográfica das empresas instaladas em Pernambuco, objetivo almejado pelo governo em questão. Em que pesem os avanços obtidos, é necessário que o estado trabalhe concomitantemente em outras frentes, como a promoção de infraestrutura e qualificação da mão-de-obra.

Palavras-chave


Políticas de desenvolvimento regional; Economia pernambucana; Investimentos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia