DESEMPENHO ECONÔMICO, ENERGÉTICO E AMBIENTAL NOS SETORES METALÚRGICO E MINERAIS NÃO-METÁLICOS DO BRASIL

Hugo Leonardo Carvalho Soares, Henrique Tomé da Costa Mata

Resumo


O desenvolvimento econômico pressupõe disponibilidade de energia, uma vez que a oferta de energia é determinante de crescimento econômico. Choques de petróleo e movimentos ambientais fizeram o uso de energia ganhar relevância técnica, econômica e ambiental em termos de escolhas políticas na gestão sustentável de recursos energéticos. O artigo é parte da dissertação e visou analisar o trade-off no consumo de energia, meio ambiente e crescimento nos setores metalúrgico e minerais não-metálicos no Brasil. A análise foi conduzida com a aplicação do modelo de insumo-produto para dados de relações de produção e consumo da matriz energética e projeções de emissões de GEE sob diferentes cenários de atividade. Esses cenários afetaram o consumo de energia, emprego e emissões de poluentes. Houve reduzido multiplicador setorial de impacto no emprego, mas diferentes dimensões de impactos a depender do tipo de energia e especificidades setoriais.  

Palavras-chave


Energia; Meio Ambiente; Insumo-Produto.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia