Análises setoriais

Prezados pesquisadores,

 

O Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste - ETENE disponibilizou uma nova análise setorial -  POTENCIALIDADES DA ENERGIA EÓLICA DO NORDESTE, na qual destaca a competitividade do Nordeste na atração de investimentos em geração eólica. Em resumo:

 

O trabalho disponibiliza informações sobre a geração de energia elétrica no Brasil a partir dessa fonte energética, com ênfase no Nordeste. Destaca, dentre outros assuntos, a inserção, situação atual e perspectivas da fonte eólica no País, a sua competitividade no mercado de geração elétrica e a legislação pertinente. De acordo com o estudo, a fonte eólica, atualmente com 10,5 GW de potência instalada, representa aproximadamente 7% da capacidade instalada de geração de energia elétrica do Brasil, apresentando perspectivas de alcançar 11,6% em 2024, quando chegaria a 24 GW, ensejando oportunidades expressivas de investimentos no período. No Nordeste, em particular, a fonte eólica já representa, atualmente, 27,4% da capacidade instalada de geração elétrica da Região. Em 2016, ante a escassez hídrica, os parques eólicos nordestinos foram responsáveis por 37,2% da energia gerada no Subsistema Nordeste, superando, inclusive, a geração hidroelétrica, historicamente preponderante na Região. Como se depreende dos resultados dos leilões de compra e venda de energia, promovidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL, a fonte eólica se mostra competitiva no Brasil, tendo os seus projetos sido aprovados em diversos certames realizados nos últimos anos. Neste contexto, o Nordeste se destaca, em razão de seu elevado potencial eólico e por dispor de inúmeros sítios com velocidades médias de vento dentre as maiores do País. Desde 2009 até 2016, foram contemplados nos leilões de comercialização de energia elétrica promovidos pela ANEEL 511 parques de geração eólica, totalizando 12,7 GW de potência. Desse montante, 11,2 GW (88,4% do total) estão no Nordeste.  Na Região, os projetos eólicos em implantação e os projetados totalizam 7,5 GW. Estima-se que esses empreendimentos demandarão recursos da ordem de R$ 35 bilhões, representando excelentes oportunidades de negócios em toda a cadeia produtiva. A prevalência do Nordeste na escolha dos investidores para implantação de parques eólicos deve-se à sua maior competitividade, decorrente do maior fator de capacidade, indicador que mede a energia efetivamente produzida comparativamente à capacidade nominal de geração dos equipamentos, em um determinado espaço de tempo. Na Região, o fator de capacidade médio alcançou 44,2% em 2016, o mais elevado do País.  O elevado potencial eólico do Nordeste, aliado à sua competitividade no País, tem atraído fabricantes de aerogeradores para a Região, como Gamesa (BA), Acciona (BA e RN), Vestas (CE), Wöbben/Enercon (BA e CE) e Tecsis (BA), dentre outros. No que concerne à micro e mini geração distribuída para a fonte eólica, não se vislumbra um crescimento expressivo, a exemplo do que se observa para a geração fotovoltaica, no entanto, o amadurecimento do marco legal no Brasil, principalmente com o advento da Resolução Normativa ANEEL 484/2012, representa boas oportunidades para fabricantes nacionais de aerogeradores de pequeno porte e um novo filão de negócios que pode ser estimulado. Como destaca o documento, o potencial e a competitividade do Nordeste em energia eólica o credenciam a ser um candidato nato a receber vultosos investimentos em geração elétrica com utilização dessa fonte, abrindo espaço para consolidar na Região um polo de fabricação de componentes de aerogeradores de grande porte.

 

Na página https://www.bnb.gov.br/publicacoes/CADERNO-SETORIAL você terá acesso a todo o acervo mais recente dos trabalhos e poderá acompanhar o setor ou segmento de sua preferência. O Caderno Setorial ETENE é uma publicação mensal que reúne análises de setores da economia nordestina e, eventualmente, temas transversais. Com uma redação eclética, esta publicação se adequa à rede bancária, pesquisadores de áreas afins, estudantes, e diversos atores do setor produtivo.

 Clique abaixo sobre a(s) análise(s) de seu interesse para acessá-la(s).


ANÁLISES DISPONÍVEIS


 

- Produção de algodão

- Indústria de bebidas alcóolicas

- Agroindústria sucroalcooleira

- Indústria da Construção Civil

- Indústria de Alimentos

- Situação da cajucultura nordestina

- Logística de armazenagem: Produtos químicos

- Perspectivas para o comércio 2016/2017

- A Indústria de vidros planos

- Panorama da piscicultura no Nordeste

- Bebidas não alcoólicas: refrigerantes

- Bebidas alcoólicas: cerveja

- Fruticultura: Comportamento recente da fruticultura nordestina

- Produção de grãos no Nordeste: de olho na china

- Indústria petroquímica

- Análise dos fluxos de comércio no semiárido nordestino

- Indústria de autopeças

- Agroindústria sucroalcooleira

- Agroindústria da carne no Nordeste

- Energia solar

- Carcinicultura no Nordeste

- Matriz de Insumo-Produto do Nordes­te: demanda final doméstica


PRÓXIMAS ANÁLISES


-        Café

-        Apicultura

-        Silvicultura

-        Rochas ornamentais

-        Indústria siderúrgica

-        Infraestrutura de saneamento

-        Shopping Center

-        Couros e curtumes

-        Bovinocultura leiteira

-        Bebidas não alcoólicas


EXPEDIENTE

BANCO DO NORDESTE

Presidente: Marcos Costa Holanda

 

ESCRITÓRIO TÉCNICO DE ESTUDOS ECONÔMICOS DO NORDESTE - ETENE

Economista-Chefe: Luiz Alberto Esteves

Gerente de Ambiente: Tibério R. R. Bernardo

 

CÉLULA DE ESTUDOS E PESQUISAS SETORIAIS

Gerente Executivo: Luciano J. F. Ximenes

Equipe Técnica: Maria Simone de Castro Pereira Brainer, Maria de Fátima Vidal, Jackson Dantas Co­elho, Fernando L. E. Viana, Wellington Santos Da­masceno, Francisco Diniz Bezerra, Luciana Mota Tomé e Lucas Sousa dos Santos (Jovem Aprendiz)

 

Apoio:

CÉLULA DE GESTÃO DE INFORMAÇÕES ECONÔMICAS

 

Projeto Gráfico: Gustavo Bezerra Carvalho

Revisão Vernacular: Hermano José Pinho

Gerente Executivo: Leonardo Dias Lima

 

Contato: Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordes­te - ETENE. Av. Dr. Silas Munguba 5.700, Bl A2 Térreo, Passaré, 60.743-902, Fortaleza-CE. http://www.bnb.gov.br/etene. E-mail: etene@bnb.gov.br

 

Envie sua sugestão de análise e outros comentários para o ETENE via e-mail: etene@bnb.gov.br



Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia